2020 – Dinâmica transmídia de notícias sobre coronavírus

Em 2021, os resultados da investigação coletiva foram sistematizados na coletânea “Sociedade da desinformação e infodemia” e em curso homônimo (30h), ofertado nos Programas de Pós-Graduação em Comunicação Social da UFMG, PUC Minas e UFOP.

A pesquisa coletiva “A dinâmica transmídia de notícias falsas sobre o novo coronavírus” se realiza  desde março de 2020 em caráter interinstitucional por integrantes dos grupos de pesquisa MediaAção, vinculado ao Núcleo de Conexões Intermídia (UFMG); Campo Comunicacional e Suas Interfaces (PUC Minas); e Convergência e Jornalismo (UFOP).

Os procedimentos metodológicos da investigação incluem pesquisa exploratória do tema, por meio de coleta de hashtags que ocuparam trending topics entre 26 de janeiro de 2020 (data da primeira ocorrência de TT relacionado ao novo coronavírus no Brasil, conforme nossa coleta de dados) e 21 de junho de 2020. O recorte empírico selecionado se refere  às formas de mediação estabelecidas no Twitter pela hashtag #perguntacorona. Essa hashtag refere-se ao  programa televisivo da Rede Globo “Combate ao Coronavírus”, apresentado pelo jornalista Márcio Gomes  com presença de especialistas entre 17 de março de 2020 e 22 maio de 2020.

Buscamos compreender a mediação estabelecida por essa hashtag no Twitter considerando os propósitos editoriais do programa televisivo ao qual ela se vincula e a as formas de apropriação social da referida hashtag no Twitter. A pergunta norteadora da  investigação passou, então,  a se configurar do seguinte modo: o que caracteriza a dinâmica transmídia da hashtag #perguntacorona e como ela estabelece mediação entre contextos de informação e de desinformação relacionados à pandemia?

Especificamente averiguamos: a) modalidades semióticas do processo comunicacional transmidiático investigado e suas implicações nas noções de informação e desinformação; b) formas de propagação de informação/desinformação mediadas pela hashtag em estudo; d) rede de sentidos estabelecida em perspectiva transmídia.

De modo complementar, discutimos como essa pesquisa poderia contribuir para a formação crítica de mídia e identificação de ecossistema de desinformação sobre a pandemia em contexto escolar. O experimento didático em educação transmídia foi conduzido em escola pública de Beira, em Moçambique, em 2021. Assim, entrelaçamos neste estudo as noções de jornalismo transmídia, educação transmídia e transmedia branding.


Estudos de Caso